Last Tweets

 

PAGINA EM CONSTRUÇÃO

 

Cap.

N. Parag

Lugar
Paragrafo
Mateus
Marcos
Lucas
João
Outras ref Bíblicas
Dia
Mês
Ano
649 5 Jerusalém Maria já vê a Igreja formada e forte. O espírito Santo a ilumina e a única medida continua é a Caridade 15 8 54
649 6 Jerusalém Maria confirma a característica de João (como o amoroso) e de cada um dos demais apóstolos 15 8 54
649 7 Jerusalém Maria, reconhecendo os sinais precursores dos profetas, sempre soube aceitar a vontade de Deus, com amor 15 8 54
649 8 Jerusalém O amor pode transformar as pessoas que as vezes nunca foram amadas 15 8 54
649 9 Jerusalém Maria sugere escrever os ensinamentos recebidos, como as parábolas, a fim de que todos sintam o Amor 15 8 54
649 10 Jerusalém Maria reconhece que, além de sempre ter feito a vontade de Deus, agora a vontade dela é unir-se a Jesus 15 8 54
649 11 Jerusalém Maria exprime as suas ultimas vontades: não ser embalsamada nem tocada; a 1ª cristã está pronta 15 8 54
649 12 Jerusalém João entra em crise de choro, sabendo que ficará sozinho, mesmo que o corpo de Maria continue incorrupto 15 8 54
649 13 Jerusalém Maria conforta João, comparando o momento do Golgota com o atual: João foi forte, mais ainda deverá agora 15 8 54
649 14 Jerusalém Maria percebe a Luz do céu, como na concepção e é ansiosa de continuar o seu 'Magnificat' com os anjos 15 8 54
649 15 Jerusalém Maria alerta para as dificuldades futuras mas nada que não possa ser superado com o Amor 15 8 54
649 16 Jerusalém Maria cessa de viver por excesso de amor, assim como o Filho foi por excesso de dor (aos 70 a. e 26 dias? A.) 15 8 54
649 17 Jerusalém a carne de Maria brilha, transfigurada, e as vestes reluzem, já não é mais humana: João a põe na cama 15 8 54
649 18 Jerusalém Maria pede orações: salmos 118,41,38,22 e 1º -C.Tobias, Eclo24,11-46, Magnificat e outros (que não escuta mais) 15 8 54
649 19 Jerusalém João, desconsolado, procura atender aos desejos de Maria: ajeita o seu corpo, ornando-o de flores 15 8 54
649 20 Jerusalém João contempla o corpo e medita sobre como o mesmo reunir-se-á com a alma dela 15 8 54
650 1 Jerusalém Quanto tempo passou? poucas horas ou quatro dias? João que estava velando, pegou no sono 17 8 54
650 2 Jerusalém Uma grande luz (e som), como a da gruta de Belém, e os anjos levam o corpo de Maria 17 8 54
650 3 Jerusalém João desperta: o teto descoberto e um redemoinho forte de ar; sai e olha para cima: 17 8 54
650 4 Jerusalém João, do terraço, vê o corpo de Maria, como adormecido, vai subindo cada vez mais; canto dos anjos/Jesus a recebe 17 8 54
650 5 Jerusalém a visão terminou; João cansado mas alegre: dos três milagres pedidos, dois realizados 17 8 54
650 6 Jerusalém João agradece pelo milagre vivenciado: o corpo de Maria subindo, junta-se à alma e voa ao encontro de Jesus 17 8 54
650 7 Jerusalém João recolhe o que ficou: as flores que caíram de suas vestes, as pétalas...tudo para consolação aos irmãos 17 8 54
650 8 Jerusalém o teto aberto: Jesus-Deus ressuscitou por si mesmo; o espírito de Maria voltou (no centro da alma) 17 8 54
650 9 Jerusalém João guarda tudo no armário o recolhido, com outros objetos pessoais 17 8 54
650 10 Jerusalém João: agora tudo terminou, resta sozinho e livre para sair evangelizando, com as suas experiências do Amor 17 8 54
651 1 Jerusalém Considerações sobre o transito: como foi? Como era justo, para aquela que não conheceu mancha de culpa 1Ts 5,23
651 2 Jerusalém na conversa com João sobre a Caridade, a inteligência de Maria procurava o divino, fora da matéria
651 3 Jerusalém a função exercida por João, de acordo com a vontade de Deus
651 4 Jerusalém Considerações sobre o transito: com a ajuda dos anjos o despertar do místico sono, com o corpo já glorificado
651 5 Jerusalém Considerações sobre o transito: João, o anjo terreno, continuou a velar Maria para livrá-la dos olhares estranhos
651 6 Jerusalém Maria não teve sepulcro, e o seu corpo foi levado para o Céu; por isso não há nenhuma relíquia (só as flores)
651 7 Jerusalém sobre a realeza de Maria Ss.as êxtases sempre maiores: na concepção, no nascimento e na assunção
651 8 Jerusalém a casa do Getsemani ficou devastada pelos romanos na destruição de Jerusalém e suas ruínas perderam-se
651 9 Jerusalém para Maria, a ultima vinda do Amor manifestou-se com um aumento do fogo da caridade eterna
651 10 Jerusalém A Eucaristia, a união com o Filho velado, não satisfazia mais totalmente: desejo de estar face a face com Deus
651 11 Jerusalém Aproximar-se deste Amor total. Que tudo o que é terreno perca o valor
651 12 Jerusalém ao aproximar-se do Amor eterno, tudo o mais perdia luz e cor, voz e presença, sob o fulgor e a Voz dos Céus
651 13 Jerusalém Maria humilde, nem podia imaginar o que a atendia, mesmo sabendo-se vaso imaculado de Deus
651 14 Jerusalém Maria: testemunho do pensamento criativo de Deus que queria a passagem do paraíso terrestre para o celeste Gn 1-3
651 15 Jerusalém Maria: eis aqui a obra perfeita do Criador...uma Eva como Eu a criei..mais santa pois Mãe coroada do Verbo
651 16 Jerusalém no céu não há lagrimas ... Somente celestes harmonias e louvor a Deus para a bem aventurada para sempre
651 17 Jerusalém a alma conserva a existência, enquanto está unida ao corpo; a contemplação extática é temporária, não morte
651 18 Jerusalém a alma enche-se de Deus: em Maria tal capacidade transbordou sobre os irmãos, tornando-se oceano de Amor
652 0 Viareggio -IT Fechamento da obra valtortiana sobre os episódios evangélicos, com as 7 razões principais da mesma
652 1 Viareggio -IT ...vós estais perecendo e EU vos quero salvar
652 1 Viareggio -IT a razão mais profunda desta obra é por causa de que o modernismo das doutrinas perniciosas atuais, precisa ser combatido
652 2 Viareggio -IT Despertar ... um vivo amor ao Evangelho e a tudo que se refere ao Cristo Mateus Marcos Lucas João
652 3 Viareggio -IT Ajudar aos mestres de espírito, no seu ministério, nas coisas que não constam no Evangelho 21,25
652 4 Viareggio -IT Restituir à sua verdade as figuras do Filho do Homem e de Maria
652 5 Viareggio -IT Conhecer exatamente a complexidade e a duração da Minha longa Paixão (Tebet à Nisam)... e a da Mãe
652 6 Viareggio -IT Demonstrar o poder da Minha Palavra e os efeitos diversos da mesma (p.exemplo sobre os apóstolos e Judas)
652 7 Viareggio -IT Fazer-vos conhecer o mistério de Judas (queda de um espírito, mesmo extraordinariamente beneficiado) /10ºvol.